Foi tão rápido!…

Como pode alguém amar e desamar assim, tão depressa?
Como pode?Parece que auqele sentimento tão forte nunca existiu.

É como se a pessoa tivesse sido sempre um amigo e nada mais.
Como se pode chorar por uma pessoa hoje e, amanhã nem sequer sentir sua falta?
Como pode passar um dia inteiro sem mesmo lembrar, mesmo que rapidamente, de alguém que até ontem era tudo pra você, o amor da sua vida?
Como pode o amor ser como uma flor, que nasce belíssima, exala o melhor perfume,

mas que logo murcha, perde a cor, o perfume e deixa de existir?
Não sei como…

Mas sei sim, que não era amor.

Pois o amor verdadeiro não acaba. Suporta tudo.. Mas nunca falha!

By: Raissa Muniz

Anúncios

4 comentários em “Foi tão rápido!…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s